reatou-se
No começo fez falta, nossa e como fez. Afastar de ti não foi uma tarefa fácil, pra mim então, era quase impossível. Eu precisava falar contigo, assim como um alcoólatra precisa de uma bebida. Sei que tenho esse jeito bobo, mas sou esperta o bastante pra perceber que não adiantava insistir. Quando uma coisa acaba o melhor que fazemos é aceitar. E eu aceitei sua perda. É difícil imaginar o quanto eu fui forte, ficar longe de você me doía por dentro. Hoje eu estou aqui pra falar que foi bom quando esteve comigo e tudo o que fez, mas foi uma escolha sua partir, e mesmo depois de todo esse tempo eu só queria ter tido um último abraço. Quero dizer, estou vivendo bem sem você, só que gostaria de estar vivendo melhor ainda ao seu lado.
Júlia Carvalho.  (via autorias)